1 Video

2007.Junho.6

Olá, este é o meu primeiro post aqui no blog e começo com um video da série Family Guy… Eu acho engraçado. Depois dêem a vossa opinião:

Espero k gostem 😀


Natal Informático

2006.Dezembro.11

Mac NatalDá um DUPLO CLIQUE neste NATAL!
ARRASTA Jesus para o teu DIRECTÓRIO PRINCIPAL,
GUARDA-O em todos os teus ARQUIVOS PESSOAIS,
SELECCIONA-O como teu DOCUMENTO MESTRE.

Que ele seja o teu MODELO para FORMATAR a tua vida:
JUSTIFICA-a e ALINHA-a
à DIREITA e à ESQUERDA,
sem QUEBRAS na tua caminhada.

Que JESUS não seja apenas um ÍCONE,
um ACESSÓRIO, uma FERRAMENTA, um RODAPÉ,
um PERIFÉRICO, um ARQUIVO TEMPORÁRIO,
mas o CABEÇALHO, a LETRA MAIÚSCULA,
a BARRA DE ROLAGEM do teu caminhar.

Que Ele seja a FONTE de energia
para o teu AMBIENTE DE TRABALHO,
o PINCEL para COLORIR o teu sorriso,
a CONFIGURAÇÃO da tua simpatia,
a NOVA JANELA para VISUALIZAR o TAMANHO do teu amor.

No dia-a-dia,
que Ele seja o PAINEL DE CONTROL
para DESFRAGMENTAR a tua vida,
fazer DOWNLOAD dos teus sonhos
e OPTIMIZAR as tuas acções.

DESACTIVA o teu desamor,
COMPACTA as tuas liberdades,
CANCELA os teus RECUOS,
e APAGA os teus ERROS.

PARTILHA os teus RECURSOS,
ACEDE ao coração dos teus amigos
e ENVIA-lhes o que tens de bom.

Não deixes à MARGEM ninguém,
ABRE as PÁGINAS do teu coração
e REMOVE dele o VÍRUS do egoísmo.

Antes de SAIR,
coloca JESUS nos teus FAVORITOS
e o teu NATAL será o ATALHO para a tua felicidade!

CLICA agora em OK para REINICIAR
e ACTUALIZAR os teus CONTEÚDOS!


O Comboio da Vida

2006.Outubro.17

Algum tempo atrás, li um livro que comparava a vida com uma viagem de comboio.
Uma leitura extremamente interessante, quando é bem interpretada…
A vida não é mais do que uma viagem de comboio:
Repleto de embarques e desembarques, salpicado por acidentes, surpresas agradáveis em algumas estações e profundas tristezas noutras.
Ao nascer, subimos para o comboio e encontramo-nos com algumas pessoas que acreditamos que estarão sempre connosco nesta viagem: os nossos PAIS.
Lamentavelmente, a verdade é outra.
Eles sairão em alguma estação, deixando-nos órfãos do seu carinho, amizade e da sua companhia insubstituível.
Apesar disto, nada impede que entrem outras pessoas que serão muito especiais para nós.
Chegam os nossos irmãos, amigos e esses maravilhosos amores.
De entre as pessoas que apanham este comboio, também haverá quem o faça como um simples passeio.
Outros, só encontrarão tristeza nessa viagem…
E outros também, que circulando pelo comboio, estarão sempre prontos para ajudar quem precisa.
Muitos, quando descem do comboio, deixam uma permanente saudade…
Outros passam tão despercebidos que nem reparamos que desocuparam o lugar.
Às vezes, é curioso constatar que alguns passageiros, que nos são muito queridos, se instalam noutras carruagens, diferentes da nossa.
Assim, temos de fazer o trajecto separados deles.
Mas, nada nos impede que, durante a viagem, percorramos a nossa carruagem com alguma dificuldade e cheguemos até eles…
Mas, lamentavelmente, já não nos poderemos sentar ao seu lado, pois estará outra pessoa a ocupar o lugar.
Não importa. A viagem faz-se deste modo: cheio de desafios, sonhos, fantasias, esperas e despedidas… mas nunca de retornos.
Então, façamos esta viagem da melhor maneira possível…
Tratemos de nos relacionar bem com todos os passageiros, procurando em cada um, o melhor deles.
Recordemos sempre que em algum ponto do trajecto, eles poderão hesitar ou vacilar e, provavelmente, vamos precisar de os entender…
Como nós também vacilamos muitas vezes, sempre haverá alguém que nos compreenda.
No fim, o grande mistério é que nunca saberemos em que estação vamos sair, nem, muito menos, onde sairão os nossos companheiros, nem sequer, aquele que está sentado ao nosso lado.
Fico a pensar se, quando sair do comboio, sentirei nostalgia…
Acredito que sim.
Separar-me de alguns amigos com quem fiz a viagem, será doloroso.
Deixar que os meus filhos sigam sozinhos, será muito triste.
Mas agarro-me à esperança que, em algum momento, chegarei à estação principal e terei a grande emoção de vê-los chegar com uma bagagem que não tinham quando embarcaram.
O que me fará feliz, será pensar que colaborei para que a sua bagagem crescesse e se tornasse valiosa.
Meu amigo, façamos com que a nossa estadia neste comboio seja tranquila e que tenha valido a pena.
Esforcemo-nos para que, quando chegue o momento de desembarcar, o nosso lugar vazio deixe saudades e umas lindas recordações para todos os que continuam a viagem.
Para ti, que és parte do meu comboio, desejo-te uma…
… Viagem Feliz…


A força

2006.Outubro.13

Uma criança estava a tentar levantar uma pedra.
Mas a pedra era grande e por mais que se esforçasse não conseguia.
O pai que observa o facto perguntou-lhe:
“- Tens a certeza que estás a usar toda a tua força?”
“- Sim, tenho!”- respondeu o filho.
“- É que ainda não pediste a minha ajuda!”